Na edição desta semana, Rose Campos conversa com o jornalista Eduardo Reina sobre o lançamento do seu livro “Cativeiro sem fim“, com prefácio do também jornalista Caco Barcelos.

A publicação que levou 20 anos de pesquisa relata histórias de bebês, crianças e adolescentes que foram sequestrados durante o período ditatorial brasileiro (1964 a 1985). Histórias que hoje interferem no cenário socioambiental brasileiro, porém que muitos desconhecem, até mesmo para melhor contarem suas próprias histórias. O livro é exemplo de um verdadeiro trabalho jornalístico e a entrevista descreve toda essa emoção.